A oração do rosário

A oração do Santo Rosário nos aproxima da Virgem Maria

Faça uma breve reflexão sobre a importância de rezar a oração do rosário

A oração do rosário surgiu aproximadamente no ano 800, à sombra dos mosteiros e conventos, como uma espécie de saltério dos leigos. O rosário também é chamado de oração dos camponeses da época, das súplicas simples do povo de Deus.

Nos mosteiros, os monges e os frades rezavam os Salmos. Hoje, no século XXI, nos mosteiros essa prática continua, mas também nós sacerdotes, bispos e consagrados rezamos os Salmos, pois é a oração oficial da Igreja, a qual tem 150 salmos. No entanto, é claro que não rezamos todos os salmos em apenas um dia, mas, de hora em hora, reza-se essas orações como o ofício das leituras, as laudas, a hora média, as vésperas e depois as completas.

A oração do Santo Rosário nos aproxima da Virgem Maria                  Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Assim como os monges ficavam nos mosteiros rezando os salmos, os leigos, nesta época dos anos 800, mais ou menos, que não sabiam ler e não tinham conhecimento, começaram a rezar, mas a maioria, como não sabia ler, aprenderam a rezar os 150 Pai-Nossos. Com o passar do tempo, formaram-se outros três saltérios como 150 Ave-Marias, 150 louvores em honra a Jesus Cristo e 150 louvores a Virgem Maria.

Tradição da oração do rosário

Segundo uma tradição da Igreja católica, por volta dos anos 1200, no século XIII, a Virgem Maria apareceu a São Domingos Gusmão e entregou, em suas mãos, um terço, o rosário, na forma das 150 Ave-Marias, onde ainda se tem os mistérios gozosos, dolorosos e gloriosos. Nossa Senhora entrega, nas mãos de São Domingos Gusmão, o terço como uma arma poderosa para a conversão dos hereges e outros pecadores daquele tempo. Desde aquela época, a devoção a Virgem Maria se propagou rapidamente pelo mundo e foi acompanhada por grandes episódios milagrosos. Lembrando que a simbologia das 150 Ave-Marias simboliza os 150 Salmos.

São João Paulo II instituiu mais um mistério; então, o terço, que eram três mistérios, três terços no rosário, hoje são quatro terços: os mistérios gozosos, alegria e luminosos, que narram alguns fatos da vida pública de Cristo; os dolorosos, da Paixão e Morte de Jesus; e os gloriosos, da Sua Ressurreição e Assunção da Virgem Maria aos céus.

O zelo pelo rosário

O Santo Rosário deve ser cultivado dia a dia na nossa vida, pois é uma oração poderosa, com a qual podemos vencer as ciladas do maligno.

Em diversas aparições, a Virgem Maria pediu para que rezássemos o Santo Rosário, em Fátima, por exemplo. Neste ano que celebramos o seu centenário, Maria ensinou aos pastorinhos a rezar o rosário. Jacinta, Francisco e Lúcia não sabiam rezar, mas rezavam as Ave-Marias e Santa-Marias; depois, Nossa Senhora ensinou aquelas crianças a orar pedindo a conversão e a paz.

Já em Lourdes, Nossa Senhora aparece a Bernadete e se apresenta a ela como a Imaculada Conceição, aquela sem mácula. Nesta época, poucos anos antes, a Virgem apareceu a Bernadete, período em que a Igreja estava para proclamar o dogma da Imaculada Conceição. Maria pede a oração do terço do rosário, por isso a importância de rezarmos.

Como devo rezar o terço?

De forma muito simples, podemos rezar o santo terço em casa, com nossas famílias, em nossa caminhada, no ônibus, no trem, na bicicleta ou ouvindo, no carro, o CD com a oração do rosário.

Eu, padre Paulinho, sou fruto da oração do terço, porque, quando descobri a importância do rosário, minha vida não foi mais a mesma. Se hoje sou sacerdote, sou padre e consagrado, é porque sou fruto do rosário que a minha mãe me ensinou ainda jovem. Quando aprendi a rezar, não dei tanta importância, mas, depois do meu encontro pessoal com Jesus, eu rezava o rosário quando ia para a roça e no intervalo da hora do almoço. Ali, naquelas contas do terço, sentia a presença da mãe comigo, da mãe de Deus.

A importância de rezarmos o rosário é justamente essa de viver este encontro pessoal com Maria que nos leva a Jesus. O centro não é Maria, mas Jesus.

É isso que ela veio fazer em muitas de suas aparições. A Virgem Maria pediu para que as pessoas rezassem o terço como uma forma de aproximar-se de Jesus, ou seja, levando a humanidade para próximo de Jesus.

Mistérios do Santo Rosário

No terço do rosário, contemplamos os mistérios da Paixão de Jesus, de Sua vida pública e os mistérios da encarnação e da Sua Ressurreição. Por isso, digo a você, meu irmão e minha irmã, não tenham medo de rezar o terço. Reze o rosário e você descobrirá a importância que ele tem na sua vida.

Este terço é um tesouro de fé da Igreja católica, que já nasceu lá nos anos 800 com os leigos, aqueles que não sabiam ler. Desde lá, o Espírito Santo inspirou as pessoas a rezarem.

A oração do terço é muito querida por São João Paulo II, por Bento XVI e por tantos Papas, que tinham nas mãos tantos santos que contavam e oravam com a intercessão da Virgem Maria.

Reze você também o rosário e experimente a ação poderosa da mãe de Deus.

Deus o abençoe

Padre Paulinho
Sacerdote da Comunidade Canção Nova

↑ topo