Monte dos Valinhos

Calvário Húngaro, sinal de graça e misericórdia de Deus

Conheça a espiritualidade mariana do Calvário Húngaro em Fátima, em Portugal

O Calvário Húngaro está localizado no Monte dos Valinhos e pertence ao Santuário de Fátima, na cidade de Fátima, em Portugal . É um lugar próximo ao Santuário, rodeado de uma extensa área verde.

Ao adentrar no Monte dos Valinhos, é perceptível a forte espiritualidade de paz e tranquilidade desse ambiente, assim como os demais locais onde ocorreram as aparições de Nossa Senhora de Fátima.

Nesse local, caminho percorrido pelos Pastorinhos – aqueles que visualizaram a Mãe de Jesus -, construiu-se as estações da Via-sacra, que termina no Calvário Húngaro, cujo nome oficial é “Calvário Húngaro Cardeal Mindzenty”. Ele é composto também pela capela dedicada a Santo Estêvão, rei da Hungria. Esse espaço também retrata fatos relacionados a Devoção a Nossa Senhora de Fátima.

Conheça o Calvário Húngaro

A inspiração da Construção do Calvário Húngaro surgiu por meio de dois sacerdotes húngaros, padre Elias Kardos e padre Luís Kondor, que atentos a Mensagem de Fátima, enxergaram nessa mensagem uma “luz” de Deus para o povo húngaro que vivia sob a pressão da ditadura do comunismo e a perseguição da Igreja após a II Guerra Mundial. Os dois sacerdotes húngaros entenderam que as promessas de Nossa Senhora contidas na mensagem de Fátima também era para o povo húngaro. Desse modo surgiu a ideia de construir em Fátima um Calvário com 14 estações, que contou com o auxílio do povo húngaro.

A Hungria era intitulada “Reino de Maria”, pois o Rei Santo Estevão converteu-se ao Cristianismo e propagou a devoção a Santíssima Virgem. Diante disso é considerado “o primeiro Rei que consagrou a sua nação a Nossa Senhora”.

Em 13 de outubro de 1992, vários bispos, autoridades e peregrinos da Hungria se reuniram para a benção da XV estação em ação de graças pela “ressurreição” do país.

Os Bispos húngaros consagraram seu país a Nossa Senhora em Fátima no ano de 2006. Devido a esses acontecimentos a Mensagem de Fátima é tão importante para a nação húngara.

Por trás do grande monumento artístico e potente do Calvário Húngaro e das estações da via-sacra está contida a história de um povo que foi atendido por Nossa Senhora.

O caminho a percorrer das estações da via-sacra até o Calvário Húngaro convida o peregrino a refletir sobre o laço misterioso de amor entre o povo húngaro e a mensagem de Fátima que é particularmente de graça e misericórdia. Lá, ele pode fazer a experiência de momentos de oração, conversão, penitência, de súplica a Nossa Senhora pela paz, e para o mundo inteiro, pois ela, como Mãe sente as dores dos filhos e oferece à humanidade em guerra e à Igreja sofredora uma mensagem de conforto, de consolação e de esperança: “Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará e será concedido ao mundo um período de paz”.

Gilberto e Nilza Maia
Missionários da Comunidade Canção Nova

↑ topo